Skip to content

Trabalho

Ao tratar de uma solicitação de visto de trabalho e residência, a Agência para Retenção de Trabalho e Recrutamento Internacional considera o grau de especialização do trabalho em questão e a disponibilidade de profissionais da mesma área residindo na Dinamarca/União Europeia/EEA. Há diferentes modos (schemes) de aplicação para uma permissão de trabalho, especificados no site do Serviço de Imigração Dinamarquês.

Em todos os casos, é necessário haver um contrato ou oferta de emprego que especifique salário e as condições do trabalho, que devem corresponder aos padrões dinamarqueses.

Em alguns casos haverá necessidade de uma autorização especial para o exercício da profissão, caso dos médicos formados fora da Dinamarca, por exemplo.

Leia mais sobre profissões regulamentadas na página do Ministério de Ciências Inovação e Educação Superior.

A Lista Positiva relaciona profissões e áreas atualmente pouco representadas no mercado de trabalho dinamarquês. Vistos de trabalho serão mais facilmente concedidos em se tratando desses casos. Leia mais sobre outros fatores que facilitam a concessão de visto de trabalho na página do Serviço de Imigração Dinamarquês.

Você poderá receber uma permissão de residência válida por um mês antes do início do trabalho se for capaz de financiar suas despesas e a de sua família por esse período, sem receber assistência pública. De outra forma, ela será válida por apenas 14 dias antes do início do trabalho.

Se você encontrar um novo emprego após ter perdido o antigo ou seu contrato ter expirado, será necessário solicitar o visto de trabalho e residência novamente.

Siga os procedimentos descritos abaixo se o seu caso for:

·          Trabalho assalariado;

·          Programas de trainee;

·          PhD/pesquisa acadêmica, desde que assalariado (se o programa não for remunerado, siga os procedimentos para estudantes).


Procedimentos

O empregador deve preencher sua parte do formulário e enviá-lo com os documentos exigidos anexados ao requerente de visto, o qual deverá preencher sua parte e anexar o restante da documentação exigida. Para dar prosseguimento ao processo, é preciso agendar visita na Embaixada da Noruega em Brasília ou no Consulado Geral do Rio de Janeiro e comparecer pessoalmente munido de passaporte e de toda a documentação.


Documentos providos pelo requerente:

-2 vias (original e cópia) do formulário, preenchido em dinamarquês ou inglês;

-Comprovante de pagamento de taxa consular;

-2 fotos 3,5 x 4,5cm;

-2 vias (original e cópia) do contrato/oferta de trabalho contendo termos e descrição do trabalho e informações sobre salário;

-2 vias (original e cópia) dos documentos sobre a formação educacional relevante (original e cópia com tradução juramentada para dinamarquês ou inglês);

-2 cópias do passaporte (todas as páginas com informações e capa);

-Autorização especial (para profissões que a exijam);

-Comprovante de que as condições financeiras são suficientes para o período da estada na Dinamarca (somente para trainees em pesquisa).


Documentos providos pelo empregador:

-Documentos sobre o salário e condições do trabalho não especificadas no contrato;

-Advance statement (apenas para associações esportivas contratando atletas/treinadores);

-Declaração de que o trabalho tem caráter inovador, propósito educacional ou relação com outros projetos (apenas para requerentes sob o Esquema Corporativo; leia mais no site do Serviço de Imigração);

-Documentação sobre o programa de trainee (apenas para trainees).


Documentos adicionais poderão ser exigidos pela autoridade consular.

O processo leva de um a três meses.

Novas regras

Novas regras sobre taxas de processamento com relação a aplicações para permissão de residência, extensão da permissão de residência e para permissão permanente de residência nas áreas de reunião familiar, estudos e trabalho.


Para mais informações, clique aqui.