Skip to content

Trabalho autônomo

É possível obter permissão de trabalho e residência na Dinamarca para trabalho autônomo ou em empresa independente, se obedecidas determinadas condições:

·          O empreendimento deve estar de acordo com interesses dinamarqueses;

·          Deve haver meios suficientes de financiar o empreendimento;

·          O requerente deve estar ativamente envolvido no empreendimento e em suas operações cotidianas; seu interesse e participação não podem ser exclusivamente financeiros (sendo apenas investidor ou acionista, por exemplo);

·           Normalmente, não serão aceitas solicitações de visto em se tratando de restaurantes, comércio varejista, pequenas empresas, etc.

Procedimentos

Para dar prosseguimento ao processo, agende um horário junto ao Consulado Geral da Noruega no Rio de Janeiro ou à Embaixada da Noruega em Brasília. Compareça portando seu passaporte, o formulário preenchido e os seguintes itens e documentos:

·          2 fotos 3,5 x 4,5cm;

·          Comprovante de pagamento de taxa consular;

·          2 cópias do passaporte (capa e todas as páginas com informações);

·          Documentação para registro CVR (no registro central de empresas do Conselho Empresarial Dinamarquês);

·          Relatório anual de orçamento, de preferência revisado por um contador;

·          Documentação do patrimônio líquido ou de capitais da empresa;

·          Plano de negócios especificando a natureza do empreendimento, seus aspectos inovadores ou perspectiva de crescimento e número esperado de locais de trabalho;

·          Documentação sobre quaisquer parcerias ou outras formas de apoio por parte de empresas dinamarquesas;

·          Documentação de qualquer tipo de acordo/contrato firmado;

·          Comprovantes de treinamento/educação e/ou de experiência prévia de trabalho relevantes;

·          Comprovante do capital de posse individual;

·          Autorização especial (se necessário).

Documentos adicionais poderão ser exigidos pela autoridade consular.

O processo leva de um a três meses.

O visto será válido por um ano, com possibilidade de extensão e podendo ser revogado se o empreendimento vier a falir ou se a natureza de suas atividades se alterar significativamente.

Encontre mais informações na página do Serviço de Imigração.